Portal da Cirurgia Plástica - BG Cirurgua Plástica
Avenida Olegário Maciel, 414 / 303 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
21 2493-8206 -- 21 98555-3344

DIMINUIÇÃO LÁBIOS

la1

Diminuição Lábio

dl1

Lábios – Diminuição do Vermelhão

O lábio situa-se no 1/3 inferior da face emoldurando a boca, e são dois: o lábio superior que se delimita abaixo da base da narina e sulcos nasogenianos e o lábio inferior delimitado pela continuação dos sulcos nasogenianos, pelo mento e sulco mentolabial.

O lábio propriamente dito constitui o que chamamos de vermelhão, a parte vermelha; uma semimucosa ou “zona de Klein”, que é um epitélio especializado delgado com uma camada fina de queratina, bem vascularizado e desprovido de anexos ou com poucas glândulas sebáceas e que tem continuidade da pele com a mucosa oral do sulco gengivolabial.

dl2

O vermelhão é o responsável pela estética e volume labial. O seu desenho está relacionado principalmente com a herança familiar. Apresentam-se simetricamente ou assimetricamente em várias possibilidades possíveis, levando em consideração a forma, volume e a borda do vermelhão, que é o limite entre a pele e o vermelhão do lábio, sendo demarcado por uma pele mais clara. Tem importante papel na definição do contorno estético. Com o passar da idade ocorre perda de volume e da definição da borda do vermelhão.

dl3

Em geral são os homens que mais procuram a cirurgia de diminuição dos lábios (vermelhão), apesar do apelo das imagens, mas encontramos grupos de mulheres que desejam tal cirurgia por não concordarem com o que acham “excesso de volume labial”.

Lábios Grossos – Diminuição Vermelhão

Este procedimento tem a finalidade de diminuir a espessura de lábios grossos de pessoas acham que os mesmos estão em desarmonia com a face, de acordo com seus critérios individuais. É um procedimento que dever ser realizado em ambiente hospitalar com equipe médica especializada, ou seja, cirurgiões plásticos, anestesista e instrumentadora.

dl4

 

BATE PRONTO

cr9

Técnica: A matemática é a seguinte: planeja-se a espessura desejada, desenha-se com azul de metileno uma elipse no vermelhão, voltada internamente para a mucosa gengival. Após anestesia, retira-se este excesso demarcado.  A seguir a hemostasia, depois a sutura com pontos separados na parte interna do lábio invertendo e fechando a mucosa para dentro da boca.

Tipo de anestesia: Local ou local e sedação; porém, o procedimento de anestesia é uma prerrogativa do especialista da área e é quem determina o tipo de anestesia a ser administrado segundo sua avaliação pessoal e de comum acordo e consentimento do paciente.

Duração: +/- 1 hora.

Internação: Day hospital ou 24 horas.

Limitação: evitar exercícios físicos por 15 dias, exposição solar após 30 dias. Levar em consideração a exposição pública.

Orientações Médicas: alimentação líquida e pastosa na primeira semana de pós-operatório. Asseio oral com solução antisséptica nos primeiros cinco dias e escovação delicada dos dentes. Costuma haver inchaço volumoso do lábio nos primeiros cinco dias e causar certo desconforto durante a alimentação.

Cigarro/Bebida Alcóolica: devem ser evitados; pois comprometem a cicatrização, a recuperação e alteram o efeito da medicação.

Eventos Indesejáveis ou Complicações: sangramento, deiscência (abertura de sutura),  hematoma, irregularidades e retração de cicatriz, cisto mucoso.