Portal da Cirurgia Plástica - BG Cirurgua Plástica
Avenida Olegário Maciel, 414 / 303 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
21 2493-8206 -- 21 98555-3344

GINECOMASTIA

MAMA

ma1

GINECOMASTIA

gine1

PSEUDOGINECOMASTIA

Ginecomastia verdadeira e pseudoginecomastia ou lipomastia são termos usados para definir o aumento da mama no homem. Chama-se ginecomastia verdadeira quando esse aumento for caracterizado pela predominância da glândula mamária e pseudoginecomastia ou lipomastia se a predominância for de gordura. Pode surgir em algumas fases da vida de forma fisiológica ou patológica: no recém-nato (telarca), na puberdade, processo de envelhecimento no idoso, obesidade, também em decorrência do uso de algumas drogas (maconha, anabolizantes, etc.), trauma, alterações hormonais e certas doenças.

gine2

A ginecomastia pode ser unilateral ou bilateral, simétrica ou assimétrica. Quanto ao tecido predominante pode ser glandular, gordurosa ou mista e ainda pode vir acompanhada de hipertrofia de mamilo e de aréola em alguns casos.

gine3

gine6

Homem normalmente não gosta de ter peitinho nem de bico de peito grande e quando possuem costumam virar alvo de provocações e brincadeiras que podem ser danosas do ponto de vista psicossocial e até trauma físico.

A cirurgia para correção de ginecomastia pode ser feita de várias maneiras. Tem por objetivo reduzir o tamanho da glândula ou retirar o excesso de gordura, ou as duas coisas juntas, reduzindo a projeção das aréolas e mamilos que dão uma aparência feminina ao peitoral masculino. Deste modo, devolve-se o aspecto masculino ao tórax.

Diferentes técnicas cirúrgicas foram descritas e são indicadas conforme o caso e suas necessidades. A retirada do excesso da glândula mamária na ginecomastia verdadeira normalmente é realizada por uma incisão na borda inferior da pele da aréola. Por esta via são ressecados os tecidos glandular e/ou gorduroso excedentes, para regularizar ao máximo a projeção da mama. A lipoaspiração é outro recurso técnico que pode ser utilizado de forma isolada na correção de pseudoginecomastia, ou associado à ressecção glandular nas ginecomastias mistas, objetivando melhorar o refinamento estético da cirurgia.

gine4

A cicatriz resultante varia conforme a técnica indicada; em geral é um pequeno semicírculo na metade inferior da aréola ou uma horizontal no meio da aréola. Entretanto, casos de grandes ginecomastias com muita flacidez de pele podem necessitar de técnicas de redução mamária clássica ou adaptadas, que conferem cicatrizes mais extensas. As cicatrizes da lipoaspiração não ultrapassam 0,5 cm e poderão se localizar próximo das axilas.

gine5

ATENÇÃO

Hipertrofia de mamilo é uma coisa e ginecomastia é outra. Mamilo hipertrofiado é o aumento apenas daquela parte central da aréola e depende de características pessoais. Já a ginecomastia é a presença da glândula mamária desenvolvida que poderá ser desde uma pequena protuberância glandular que projeta todo o complexo aréolo mamilar (peitinho), até os volumes maiores que se assemelham em muito ao peito de uma mulher.

 

BATE PRONTO

cr9

Tipo de anestesia: local e sedação ou geral.
Internação hospitalar: 24 a 48 horas.
Duração da cirurgia: 2 a 3 horas.
Recuperação: 3 a 6 semanas, dependendo do caso.
Sensibilidade: sofre alteração no primeiro mês, mas voltará ao normal gradualmente.
Limitação: evitar exposição solar, serviços domésticos (faxina, cozinha), dirigir automóvel e exercícios físicos, esportes por um a dois meses no pós-operatório.

Massagens para Drenagem Linfática: auxiliam na involução do inchaço e no desaparecimento de eventuais irregularidades e equimoses (manchas roxas). Devem se feitas por profissional competente depois do sétimo dia da operação.

Faixa de tórax ou de Camiseta: encontra-se em casas de produtos médicos a faixa específica para o tórax ou uma camiseta sem manga confeccionada para fazer uma compressão suave no tórax. O seu uso é diário e de maneira contínua por um mês, inclusive à noite. A finalidade é a proteção e controle do edema e evitar espaço morto e acúmulo líquido, a fim de que a cicatrização aconteça de maneira mais segura.

Cigarro e Bebida Alcoólica: devem ser evitados, pois, comprometem o procedimento anestésico, a cicatrização e a recuperação.

Intercorrências ou dúvidas mantenha os seus cirurgiões informados.

Eventos indesejáveis ou complicações: hemorragia, hematoma, seroma, infecção, necrose de aréola, perda de sensibilidade, rejeição de pontos, deiscência (abertura de pontos) cicatriz inestética, retração cicatricial.