Portal da Cirurgia Plástica - BG Cirurgua Plástica
Avenida Olegário Maciel, 414 / 303 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
21 2493-8206 -- 21 98555-3344

LIFT CERVICAL

face1
LIFT CERVICAL
l1

Diferentemente da pele da face, a do pescoço é mais fina, delicada e pobre em lipídios, o que caracteriza uma derme seca, menos resistente às agressões do meio exterior e mais propensa à formação de rugas. Entretanto, A pele do pescoço sofre, igualmente à do rosto, pela ação do tempo, da gravidade e pelos movimentos constantes a que é submetida.

O pescoço é um grande revelador da passagem do tempo em nossas vidas e é responsável por grande número de queixas estéticas. É uma das regiões que revelam mais precocemente os sinais de envelhecimento, como por exemplo, a papada, rugas, queixo duplo.
A cirurgia de lift “apenas” da região cervical é um procedimento cirúrgico indicado somente para pessoas com flacidez localizada no pescoço e gordura tipo papada; mas apresentando sua face sem flacidez.

l2

Muitos dos que se submetem ao lift cervical isolado são jovens que apresentam papada e que se fizerem somente uma lipoaspiração submentoniana poderão ficar com sobra de pele, necessitando desta maneira de uma lift da região. Outra indicação são pessoas que já se submeteram anteriormente a um lift de face e pescoço; porém, apresentam flacidez residual do pescoço, ou ainda por terem maior exigência estética. A idade cronológica do paciente nem sempre é um indicador relevante.

l3

Além do fator constitucional, que pode acometer adultos jovens com a flacidez cutânea precoce, há ainda o envelhecimento precoce decorrente de excessiva exposição solar ou de acne severa, que enfraquece as fibras elásticas da pele. Perdas de peso sejam por dietas ou através de excesso de exercícios físicos causam redução significativa das massas gordurosa e muscular do pescoço e levam a flacidez.

l5

A técnica para o lift cervical se baseia na correção do excesso de pele do pescoço, lipoaspiração da gordura da papada e correção com plicatura da flacidez do músculo platisma, que eventualmente forma pregas verticais na região cervical. Toma-se como ponto de partida uma incisão atrás da orelha e dentro do couro cabeludo; seguida depois do descolamento, tração e rotação da pele e ressecção do seu excedente. Outros recursos técnicos poderão ser utilizados conforme a necessidade do caso.

BATE PRONTO
abclassica6
Tipo de anestesia: local e sedação ou geral.
Internação hospitalar: 24 a 48 horas.
Duração da cirurgia: +/- 2 horas.
Recuperação: Em geral 30 dias para o retorno às atividades profissionais e de trabalho.
Limitação: evitar exposição solar, exercícios físicos por 2 meses, dirigir automóvel 30 dias.
Obs.: manchas de equimoses na pele e inchaço são comuns e a exposição social em público deve ser levada em consideração.
Óculos de grau podem ser usados por tempo limitado em curtos intervalos de tempo para não forçar a cicatriz atrás das orelhas.
Em casos de intercorrências ou dúvidas mantenha os seus cirurgiões informados.
Atenção: todo procedimento cirúrgico consiste em um trauma, que tem como uma de suas respostas a inflamação ou inchaço para os leigos.
Eventos indesejáveis: hemorragia, hematoma, infecção, necrose, rejeição de pontos, deiscência (abertura de pontos), cicatriz inestética.
Cigarro e Bebida Alcoólica: devem ser evitados, pois comprometem a cicatrização, a recuperação, alteram o efeito da medicação e podem comprometer a anestesia.