Portal da Cirurgia Plástica - BG Cirurgua Plástica
Avenida Olegário Maciel, 414 / 303 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ
21 2493-8206 -- 21 98555-3344

LIFT CÉRVICO FACIAL – RITIDOPLASTIA

face1

rido1
“Cirurgia do Rejuvenescimento Cérvico Facial”

A cirurgia plástica do rejuvenescimento facial chama-se lift cérvico facial ou ritidoplastia. É um procedimento cirúrgico que objetiva corrigir a flacidez de pele e levantar os tecidos do sistema muscular e cutâneo da face e do pescoço que sofreram deslizamento e hipotrofia com a idade. É feito por meio de incisões estratégicas na face, descolamento cutâneo, trações e rotações de tecidos, ajustando-se o sistema muscular superficial da face e retirando-se o excesso de pele e de gordura cervical.

rido2

A técnica tem por objetivo principal uma recuperação natural, respeitando aspectos anatômicos e fisiológicos da face, sua harmonia e levando em consideração à idade real de quem a procura. Rejuvenescer no sentido de higiene, por assim dizer, dos sinais indesejados dos anos vividos. Pois, é no decorrer da vida e com os anos se passando que os sinais de “envelhecimento” aparecem e isto acontecerá com todos nós que viveremos mais inexoravelmente. Há de se considerar que fatores ambientais como a exposição excessiva ao sol, distúrbios hormonais, menopausa, desnutrição podem acelerar o processo de envelhecimento natural. As mulheres que praticam exercícios físicos demasiadamente ou que fazem dietas desregradas tendem a ter uma pele facial flácida, perdendo o turgor e a elasticidade. A magreza facial excessiva aparenta envelhecimento.

rido4
Tempo! Tempo! Tempo!

rido5
rido8

A cirurgia plástica da face é comumente realizada em homens e mulheres a partir dos 40 anos, quando surgem sinais que os incomodam em graus variáveis, tais como: flacidez excessiva de pele, pés de galinha ou rugas em volta dos olhos, queda das bolsas malares, sulcos nasogenianos vincados (bigode chinês) prolongados ou duplos, perda do contorno mandibular (bulldogs), gordura localizada no submento (papada), pregas verticais no pescoço (bandas platismais), queda dos cantos das sobrancelhas e etc.

rido6

Dependendo do sexo serão empregadas variações técnicas para evitar estigmas ou distorções na aparência individual própria de cada gênero. Nos homens é importante considerar que normalmente há certo conservadorismo e receio de mudanças, bem como a situações que obrigam a variações de incisões pela eventual presença de alopécia ou calvície. As mulheres de maneira geral dão maior liberdade para procedimentos mais amplos nas trações, rotações e posicionamento dos retalhos faciais.

rido7

Uma pessoa poderá se submeter a várias cirurgias de lift cérvico facial durante sua vida sem ficar com aparência estigmatizada (plastificada), desde que sejam realizados obedecendo-se os princípios de indicação e realização técnica. Porém, considera-se que dois a três liftings com intervalo de tempo apropriado seja o ideal.

A cirurgia plástica estética da face é um procedimento cirúrgico que se realiza em centro cirúrgico, sob anestesia e com internação hospitalar. Quando se fala em cirurgia plástica de face propriamente dita isto engloba o levantamento dos dois lados do rosto, a cirurgia das pálpebras superiores e inferiores e o pescoço.

As cicatrizes resultantes da cirurgia de face são dispostas em áreas pouco visíveis na face e no couro cabeludo, tornando-se pouco perceptíveis quando a recuperação estiver completada. Não existe cirurgia sem incisão; pois, toda incisão resultará em uma cicatriz.

BATE PRONTO

abclassica6

Tipo de anestesia: local e sedação ou geral.
Internação hospitalar: 24 a 48 horas.
Duração da cirurgia: 3 a 4 horas.
Recuperação: Em geral um mês para o retorno às atividades profissionais, de trabalho e exposição pública.
Limitação: evitar exposição solar e exercícios físicos por dois meses; dirigir automóvel a partir da 3ª semana. Tudo isso varia de acordo com o paciente. As manchas de equimoses e o inchaço são comuns e a exposição social em público deve ser levada em consideração.
Óculos: o uso óculos de grau fica liberado de forma intermitente e com as abas mais folgadas para evitar traumatismos nas cicatrizes atrás das orelhas. O uso de óculos escuros protege contra o sol e facilita a manter a privacidade.
Maquiagem: devem ser evitadas até que regrida o edema e a cicatrização esteja segura em torno de 30 dias, de acordo com cada paciente.
Atenção: todo procedimento cirúrgico consiste em um trauma, que tem como resposta inflamação ou inchaço para os leigos; portanto, é comum as regiões orbitárias operadas se apresentarem mais sensíveis e inchadas e com manchas de equimose avermelhadas. As suturas podem ser visualizadas e acompanham as incisões da técnica utilizada. Em casos de intercorrências ou dúvidas mantenha os seus cirurgiões informados.
Retirada de pontos: os pontos de pálpebras são retirados a partir do 3º Dia e os subsequentes seguirão conforme avaliação médica.
Eventos indesejáveis: hemorragia, hematoma, infecção, necrose, rejeição de pontos, deiscência (abertura de pontos), cicatriz inestética, paresia ou paralisia.
Cigarro e Bebida Alcoólica: devem ser evitados, pois comprometem a cicatrização e a recuperação, alteram o efeito da medicação e podem comprometer o ato anestésico.